quarta-feira, 20 de julho de 2011

A Flor Sempre-Viva

Nome popular: Sempre-viva; Flor-de-palha.
Nome científico: Helichrysum bracteatum
Família: Compositae (Asteraceae).
Origem: Austrália.


A Sempre-viva é uma planta herbácea anual, que cresce de 0,7 a 1,2 m de altura, e folhas bastante delicadas. Suas flores são pequenas, mas bastante chamativas. Formadas na primavera, suas folhas são extremamente duráveis. Não são comumente cultivadas em vasos devido à alta necessidade de sol direto. Quando plantadas em jardins, são usadas em conjuntos isolados ou renques.


Em alguns países, como nos Estados Unidos, os botões são colhidos quando ainda não abertos e são secados pendurados de cabeça para baixo. Suas flores secas ficam muito bonitas, e dão um toque campestre aos ambientes.


São muito usadas como flor-de-corte na confecção de arranjos florais frescos ou secos.


É tolerante a temperaturas mais baixas, mas pode também ser cultivada em climas mais quentes.


Como cultivar: As Sempre-vivas crescem bem quando plantadas em sol pleno. Cultivada em jardins em pleno sol, formando conjuntos isolados ou renques, em canteiros com terra bem preparada, enriquecida com húmus, e com boa drenagem.


Regue bem a terra quando os primeiros 5 cm de profundidade do solo ficarem secos. As plantas toleram muito bem períodos secos, mas ficam melhor quando o solo está muito seco.



Como reproduzir: São multiplicadas por sementes, que são geralmente semeadas no inverno e primavera.

Fonte:Site Cultivando

Um comentário:

  1. sou apaixonada por sempre vivas, vou temtar comprar semente e fazer um canteiro lindo e bem colorido na minha casa.
    janaina.

    ResponderExcluir