quinta-feira, 29 de novembro de 2012

'A Grande Família':Episódio de Quinta, 29/11/2012



No episódio de A Grande Família desta quinta-feira a credibilidade de Agostinho (Pedro Cardoso) parece estar por um triz. As investigações do julgamento de Fontes (Luis Fernando Guimarães) indicam que todo dinheiro aplicado por ele em campanhas políticas pode ter sido obtido de forma ilegal. Diante das evidências, o vereador apadrinhado Agostinho é logo convocado a depor no tribunal. E, apesar do relacionamento com Fontes não ser segredo, o taxista foge do instinto de contar toda a verdade sobre o caso. Na tentativa de se livrar de uma condenação e evitar uma retaliação popular – mas sem conseguir escapar do peso de sua própria consciência – ele resolve que declarará nem mesmo conhecer Fontes. A repercussão do caso tem sido tão negativa que o sócio Paulão (Evandro Mesquita) se antecipa e muda o nome da companhia de táxi com Agostinho para “Wilson Táxis Wilson”. O título, em menção ao sobrenome do mecânico, é uma tentativa de desvincular a empresa antes chamada de “Carrara Táxis Carrara” do escândalo.

Já Florianinho (Vinícius Moreno) se espelha nas ações do pai a fim de driblar as adversidades e alcançar os objetivos. Depois de aparecer com um skate novo pelas ruas do bairro, o menino tem que se desvencilhar dos questionamentos de Nenê (Marieta Severo), Lineu (Marco Nanini), Bebel (Guta Stresser) e Agostinho sobre a origem do brinquedo. Frente aos avós e pais, o caçula diz que pegou o skate emprestado de um colega e consegue escapar do tribunal mirim. Em particular com o pai, porém, ele confessa ter mentido no interrogatório, pois tirou algum dinheiro da caixinha de Natal anual para a compra. Ao ver como suas atitudes podem servir de mau exemplo para Florianinho, Agostinho decide mudar de tática no caso Fontes.

Não perca o próximo episódio de A Grande Família! O programa vai ao ar logo após Salve Jorge.

Fonte/Divulgação:Rede Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário