quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Capítulo de Quinta de 'Ana Raio e Zé Trovão':30 de Setembro

Ubiratan fica desconcertado quando Leopoldo diz que encontrou Ana de Nazaré. Dissimulado, se oferece para procurar Ana e assim evitar que ele a encontre. Porém, Leopoldo não confia mais no sócio e incumbe Mosca de procurar por ela. Inconformada com a notícia do casamento de Daniel e Dolores, Malvina se embriaga e, de arma em punho, tenta matar o peão. Ubiratan, para acabar com a pista que Leopoldo tem de Ana, tenta vender a caminhonete, mas ela não concorda. Enquanto isso, Mosca segue João e acaba descobrindo onde Ana de Nazaré está morando. Imediatamente ele avisa Leopoldo, que pensa na melhor maneira de se vingar. Rodrigo chega à Piratini e procura por Marlene.

Dani Calabresa imitando Palmirinha

Dani Calabresa no Furo MTV:Quarta, 29 de Setembro

Programa apresentado por Dani Calabresa e Bento Ribeiro:

 


Pintores da Rede Manchete

A Arte em M








*Escolha seu quadro preferido!Deixe seu comentário.

As 10 Maiores Bilheterias do Cinema em 2010 no Brasil


OS DEZ MAIS DE 2010

1. “Avatar” ............................................................ 9.108.400 espectadores

2. “Shrek para sempre” ......................................... 7.361.200

3. “Eclipse’ ............................................................ 6.306.100

4. “Alvim e os esquilos 2” ..................................... 5.153.700

5. “Alice no País das Maravilhas” ......................... 4.334.900

6. “Toy story 3” ..................................................... 4.293.700

7. “Chico Xavier” .................................................. 3.414.900

8. “Homem de Ferro 2” ........................................ 3.228.500

9. “Fúria de titãs” .................................................. 2.500.800

10. “Nosso lar” ........................................................ 2.497.700

Pica-Pau no Twitter

Os indicados pelo guardinha do Pica-Pau pra seguir no Twitter:

Plínio de Arruda Sampaio e Zé Bonitinho

MiniPet e Petkovic

Pequeno Dicionário de Árvores Urbanas

Jacarandá


Por Carol Ribeiro

Setembro. Equinócio. Primavera no Hemisfério Sul. É a hora do sabiá, no auge de seus instintos sexuais, começar a cantar noite e dia no intuito de garantir uma fêmea para esta temporada. Tempo de ninhos e filhotes. Tempo de Tim Maia cantando: “é primavera, te amo, hoje o céu está tão lindo…” ; tempo do chuvisco e da chuva criadeira que aporta e faz surgir o cheiro único de terra molhada. Tempo das flores e de olhar para cima. Tempo de nuvens no céu.


É também o momento da renovação, de começar o novo de novo. Neste ciclo infinito, qual passageiros ou condutores seguimos juntos nesta viagem. Da janela poderemos ver o transitório e o impermanente das flores que se repetem, ano após ano; observar o crescer lento das árvores, no sentido do céu, produzindo as sementes que perpetuarão a sua espécie. Silentes, estáticas, singulares, árvores somos todos nós:


Ipês. Marcam o final do inverno e o início da primavera. Vestem-se de flores, completamente despidos das folhas. Um espetáculo! A florada é quase um insulto de tão intensa. Primeiro florescem os roxos, depois os amarelos, os brancos (duram três dias) e os cor-de-rosa, nesta ordem. Produzem incontáveis sementes leves, de fácil propagação e brotação desde que plantadas logo após a abertura das vagens.


Existem mais de 250 espécies diferentes de tabebuias distribuídas pelo território nacional. Ipê-de-flor-verde, ipê-tabaco, ipê-do-cerrado, ipê-branco-sulferino, ipê-da-serra, ipê da mata. Seus brotos e sementes servem para alimentar as maritacas, sua madeira é ideal para movelaria e sua presença na arborização urbana é fundamental para colorir, ainda que por alguns dias, o cinza do asfalto por onde caminhamos.


Jacarandá-mimoso. A árvore das flores azuis, nativa da Argentina, Peru e Sul do Brasil, também perde as folhas antes da florada, intensa, composta de flores pequeninas que preenchem toda a árvore, primorosamente. Parecem ter saído de um quadro impressionista, a copa em tons azul-lilás lembra um sonho, um devaneio. Um pedaço do céu que invade a terra, os olhos e a alma de qualquer cidadão.


Felizmente, em São Paulo temos alguns indivíduos de grande porte, plantados ainda no tempo da minha avó, e muitos outros distribuídos pelo mundo, em Portugal, África do Sul, Estados Unidos, compondo magníficas alamedas a partir de sementes originárias do Brasil. Veja algumas fotos.


Suas vagens secas parecem uma rã de boca aberta, e são usadas em artesanato e guirlandas naturais. Destaque para o Jacarandá-da-Bahia e para o Jacarandá-de-Minas, com uma coloração ligeiramente mais arroxeada. Uma jóia rara por aqui.


Angico. Árvore de grande porte, com florzinhas brancas, mínimas, em forma de pom-pom, adoro imaginá-las ao lado do jacarandá mimoso tingindo o céu de branco e azul. Não vejo muitos nas ruas da cidade mas basta sair um pouco e notamos sua presença florida nas matas pelo interior do país. Sua casca tem poderes curativos, além de grande concentração de tanino.


Santa-bárbara. Tipo de copa grande, aberta, dá cachos de flores que, de longe, chama a atenção graças ao tom que sai do branco passa pelo rosa até encontrar o lilás. As flores formam uma massa cinza-rosa maravilhosa. Originária da Ásia, encontrou solo propício no Brasil e hoje se confunde com a vegetação nativa. Tem poder inseticida e hipnótico para aqueles que, como eu, tropeça por uma flor.


Árvores de flores amarelas. Sibipiruna. Tipuana. Guapuruvu. Pau-ferro. Representantes legítimas da imensa família leguminosae tem em comum a cor amarela das flores. Povoam a cidade de São Paulo espremidas nas calçadas estreitas, dispersas nos parques e nas praças, pintam de verde amarelo a primavera urbana. Cada qual com características bastante particulares, juntas compõem fortemente o paisagismo urbano.


A sibipiruna tem esse nome lindo, inesquecível, e um buque de flores entre as folhas pequeninas e brilhantes. Copa densa, sombra fresca. As tipuanas são imensas, cheia de galhos que crescem rapidamente. Em seu tronco enrugado samambaias, orquídeas e ripsális se proliferam. Costumam perder as folhas no inverno para lançá-las novamente na primavera, em seguida se enche de flores que desprendem-se da copa para as calçadas, ao sabor do vento.


Reconheço um guapuruvu pelo porte, único. Árvore de madeira mole e vida curta, é considerada matéria prima ideal para esculpir canoas em virtude da facilidade no manejo e do formato do tronco, alto e retilíneo, que desponta em uma copa imponente que nestes tempos começam a se encher de folhas.


Ao contrário, o pau-ferro tem a madeira tão dura que chega a soltar faíscas se golpeada com um machado. Sua casca clara com manchas arredondadas em diversos tons de marrom permite sua identificação imediata.


E assim a primavera colore a cidade de flores que adentram o verão, até dissolver-se no outono. Nos acompanham nesta jornada os paus-formiga, as quaresmeiras, os manacás, as paineiras rosas, brancas e vermelhas; também o abricó-de-macaco, abundante no Rio de Janeiro, e as corticeiras ou mulungus que, com suas flores vermelhas, finas como as velas em um candelabro ou no formado de bico-de-papagaio, incendeiam a paisagem de vermelho quando a terra fica seca no inverno.


Quando você planta árvores contribui para dispersão de sementes, para melhorar a qualidade de vida no planeta, para garantir a qualidade da água e do solo. Quando você planta árvores suas mãos ficam mais ásperas e o seu coração mais macio. Mas nem precisa sair de casa, mexer na terra, sujar as mãos.


Virtualmente, acessando o clickarvore – projeto pioneiro que há dez anos recupera áreas degradadas em diversos estados brasileiros –, você pode plantar uma muda grátis diária; escolhe e planta onde quiser, não é o máximo?


E tem mais. Aqueles que vivem intensamente as redes sociais, já podem seguir uma árvore com sua sabedoria vegetal e falar com ela, em inglês, neste site. Pessoalmente, observo as árvores reais, procuro saber seus nomes, conhecer seus hábitos de florada. Sempre que possível, ando com os pés terra e a cabeça nas nuvens…


P.S. Para encerrar esta coluna primaveril, um haikai de Matsuo Bashô, escrito por volta de 1685


“primavera não nos deixe
pássaros choram
lágrimas no olho do peixe”


(Tradução: Paulo Leminski, in Bashô, a lágrima do peixe, ed. Brasiliense, 1983)

As cirurgias plásticas mais procuradas



O Brasil é referência em cirurgias plásticas. De acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), são realizadas aqui 629 mil cirurgias plásticas por ano. O país é inclusive destino de estrangeiros atraídos por preços mais baixos dos que os do exterior e pela boa reputação dos médicos brasileiros.


E nesse país tropical, a preocupação com a aparência tem níveis altíssimos. Dentre as queixas mais comuns de quem procura um consultório de um cirurgião plástico estão a barriga, o tamanho dos seios, o envelhecimento da pele, a aparência do nariz e das orelhas.


No entanto, uma cirurgia plástica é uma decisão que envolve riscos de possíveis complicações a arrependimentos, pois mexe com a saúde e a aparência. "A plástica não garante satisfação, mas quando observados alguns pontos e tomados os cuidados certos, pode ser fonte de boa melhora na autoestima", de acordo com o cirurgião plástico Alan Landecker. Confira esses cuidados e saiba mais sobre as cinco cirurgias mais feitas no Brasil, de acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.




Lipoaspiração


As estatísticas da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, SBCP, indicam que são realizadas 90.000 lipoaspirações por ano. A lipoaspiração está sujeita às mesmas complicações que qualquer outro procedimento cirúrgico, por isso é precisos estar atento as cuidados antes da cirurgia. Doenças cardíacas graves, alterações pulmonares, anemia, diabetes e hipertensão arterial precisam estar sob controle para que o paciente seja operado.


"Outra grande contra-indicação diz respeito às alterações psicológicas, como depressão e doenças ligadas à auto-imagem, como a anorexia e a bulimia. Nesses casos é preciso acompanhamento profissional psicológico antes da cirurgia", de acordo com o cirurgião plástico Ruben Penteado. Para prevenir problemas é necessário que o médico investigue se o paciente apresenta histórico anterior de flebite e trombose nas pernas.


"Desconfie de promessas milagrosas. "Minilipo", "lipinho" ou "lipo Light" são nomes que seduzem e podem até confundir quem quer melhorar o contorno corporal, mas tem medo de se submeter a uma cirurgia. ?Não considero apropriado 'mascarar' o procedimento, lipoaspiração é sempre lipoaspiração, com os seus riscos e benefícios. É preocupante observar a banalização das lipoaspirações de pequeno porte?, diz o médico.


Prótese de silicone


Ter seios volumosos e firmes é uma das grandes ambições das brasileiras. De acordo com a Associação Brasileira de Cirurgia Plástica, 21% das cerca de 460 mil cirurgias estéticas realizadas em 2009 foram de aumento de mama. Uma grande preocupação atual dos médicos está no exagero do tamanho pedido por algumas pacientes. "Tão importante quanto resolver essa desarmonia estética é adequar o tamanho do implante ao tipo corporal de cada mulher. Uma prótese grande fica bem para uma mulher alta ou que tenha quadris largos, já nas baixinhas pode passar a impressão que a mulher está acima do peso", afirma Rubens Penteado, diretor do Centro de Medicina Integrada (SP).


Um mito sobre as próteses é o de que elas impedem a amamentação. As próteses são colocadas abaixo das glândulas mamárias, não interferindo no aleitamento. Outro questionamento recorrente sobre o silicone é sobre a validade das próteses. Quanto a este ponto, antes que a paciente se submeta à cirurgia, é preciso que o médico esclareça que uma prótese de silicone não dura por toda a vida. No entanto, o tempo de vida útil de uma prótese é algo imponderável e completamente individual. É preciso entender que o corpo encara a prótese como um transplante, e, em alguns casos, há rejeição à prótese de silicone.


É aconselhável que a cada ano após o implante, se faça uma revisão da prótese, pois a troca também pode se tornar necessária em função da flacidez da pele ou do reposicionamento dos seios. Por exemplo, depois de uma gestação, o corpo da mulher passa por uma série de transformações, e a troca da prótese pode ser feita para devolver o equilíbrio à silhueta.


Rejuvenescimento facial


Também conhecido como ritidoplastia, a cirurgia é a mais procurada para quem quer dar "aquela levantada" na expressão. De acordo com o cirurgião Alan Landecker, para que a cirurgia da face dê certo, ela deve ser calculada tendo por base todas as regiões do rosto e do seu entorno, inclusive pescoço e couro cabeludo. "Em geral, o paciente deve ficar em repouso por até 15 dias e é importante que se observe o surgimento de hematomas, que devem ser drenados, pois podem evoluir para uma necrose", completa o médico.


Atualmente, são utilizadas técnicas que reposicionam os tecidos, dando um resultado mais natural, restaurando a forma e o volume de áreas que haviam "murchado". A técnica é a mais indicada para quem está preocupado com a flacidez facial, pois o laser ou luzes polarizadas e pulsáteis não são capazes de substituir a cirurgia. Esses procedimentos podem até melhorar a qualidade da pele, mas não corrigem a flacidez, o excesso epidérmico e as rugas profundas e extensas, servindo melhor como tratamentos complementares.


Rinoplastia


A plástica de nariz traz como maiores riscos as deformações e assimetrias. No entanto, conforme explica Alan Landecker, hoje, os melhores consultórios usam uma técnica que têm 96% de sucesso, que é a chamada técnica estruturada. Ela consiste no seguinte: em vez de apenas cortar os ligamentos entre as cartilagens do nariz, como ocorria na antiga técnica, há um fortalecimento do esqueleto, através de vigas de cartilagem. Como qualquer outra plástica, o resultado estético da rinoplastia é previamente avaliado, havendo casos em que a cirurgia pode não trazer bons resultados. "Já cheguei a não operar alguns pacientes, pois sabia que o nariz não tinha uma estrutura adequada para a cirurgia e que o resultado final não seria conforme o esperado", diz Alan.
Otoplastia 

Não poder prender os cabelos com o calor que faz nas estações mais quentes é, no mínimo, um grande incômodo. Isso é uma preocupação frequente em quem tem "orelhas de abano": um problema que pode parecer insignificante, mas que mexe com a autoestima. A cirurgia é feita, em muitos casos, ainda na infância. Por volta dos três anos e meio de idade, as cartilagens já atingiram 90% do seu tamanho. Portanto, crianças que apresentam as orelhas salientes podem submeter-se à otoplastia bem cedo. Os cirurgiões plásticos recomendam que se espere até seis ou sete anos de idade para que o procedimento seja realizado.

A Nova Picape Montana


Lançada em 2003, a Chevrolet Montana abandonava as origens do hatch Corsa para angariar novos consumidores. Com um design agressivo e soluções criativas, como o apoio para o pé para facilitar o acesso à caçamba, a picape conseguiu um sucesso maior do que sua antecessora, que adotava o nome Corsa. Sete anos depois, a receita se inverte: um novo carro chega para continuar o bom desempenho da Montana, cujo nome se consolidou no mercado. A Chevrolet chama-a de Nova Montana, mas poderia ser picape Agile.


Com preço partindo de R$ 31.990 na versão LS, a Nova Montana aposta, segundo a GM, na mesma receita usada pelo Agile: uma lista de itens de série recheada por um preço abaixo da concorrência. Com capacidade de carga de 758 Kg, a nova Montana lidera o segmento nesta categoria. Porém a picape é mais cara que sua antecessora, tanto no pacote simples quanto o que incorpora direção hidráulica (R$ 34.435), ar-condicionado (R$ 37.653) e vidros elétricos, travas elétricas, airbag e ABS (R$ 39.833). Acima da LS ficará a Sport (R$ 44.040), versão com acessórios estéticos, incluindo o decano adesivo “Sport” na porta, cuja estreia se deu no Astra em 2000.




Predador
Baseada no hatch argentino, a picape fabricada em São Caetano do Sul (SP) mistura elementos da Montana antiga com o Agile. Na dianteira, o desenho incomum do compacto foi mantido em sua essência, com a enorme grade do radiador cortada pelo filete do para-choque. Este, por sinal, ganhou novas proeminências nas laterais, diferenciando-se do compacto e dando um ar de “Predador”, segundo alguns jornalistas presentes no lançamento, fazendo referência ao alienígena dos cinemas. A mudança deixou a dianteira mais agressiva, mas mudou o primeiro ponto de impacto do para-choque, saindo da placa e indo para as laterais.


Soa como um detalhe pequeno, mas algumas unidades à disposição para avaliação já contavam com a peça descascando. Em um veículo de trabalho, ter um para-choque pouco resistente a impactos leves pode ser um defeito estético mal visto por frotistas – ainda mais em um carro que não permite a opção de para-choques pretos. A lateral mantém a porta do Agile somada a uma pequena vigia assimétrica. Os para-lamas traseiros receberam um forte vinco trapezoidal, formato que se repete no apoio para os pés, maior nesta Montana do que na outra.


Ao contrário do que ocorre na dianteira, o para-choque traseiro tem durabilidade acima da média, mérito de sua estrutura de aço. Mais caro do que uma peça feita com plástico injetado, o para-choque suporta melhor o peso de uma pessoa apoiada sobre ele em uma situação de carga e descarga. Essa tarefa, aliás, será mais fácil de ser conduzida na nova Montana, graças à tampa da caçamba mais baixa. A mudança também refletiu em uma discreta melhoria na visibilidade traseira.



Ponto H
Dentro da cabine, a Montana não esconde sua alma de Agile. Painel, consoles e bancos são iguais aos usados no hatch, com exceção apenas às maçanetas internas, alavanca de câmbio e contorno dos difusores de ar, agora pintados de cinza escuro. A diferenciação foi acertada, mas as rebarbas entre os componentes e plásticos de aparência inferior ainda permanecem.


O dono de Agile que se sentar na Montana, porém, notará uma leve mudança no ponto de vista. Culpa de um misterioso “Ponto H”, nome técnico usado por engenheiros para citar o local próximo da junção das pernas com o quadril. Na prática, um carro com o ponto H elevado deixa o motorista mais alto em relação ao veículo, com as pernas mais flexionadas.


A solução, somada ao teto mais alto, garante um espaço extra na cabine sem sacrificar o comprimento do carro. Porém não há milagre para extrair uma área maior atrás dos bancos, local geralmente reservado para as bagagens importantes, que não podem ser expostas às intempéries na caçamba. Neste aspecto a Nova Montana, assim como a Velha, se posiciona em um limbo chamado “Max Cab”. Sem ser cabine simples nem estendida, a Montana oferece 164 litros de espaço atrás dos bancos. O suficiente para a bagagem de uma pessoa disposta a repetir algumas roupas em suas férias.


Em contrapartida na caçamba vão 1.100 litros, segundo a GM. Esse valor é somente para a Nova Montana sem a capota marítima. Com ela, o volume é reduzido em 20 litros, além da perda de parte do conforto acústico na estrada. Explica-se: a proteção de lona solta-se da carroceria pelas laterais muito facilmente, fazendo barulho em velocidades acima dos 80 km/h. Neste caso, a escolha deve ser entre o conforto dos passageiros ou a proteger a bagagem.


Sem pressa
Equipada com o mesmo motor 1,4-litro de até 102 cv (com etanol) do Agile, a Nova Montana mostrou-se pacata com a caçamba vazia. Tinha fôlego para realizar ultrapassagens e encarar acelerações mais vigorosas, mas apenas após uma ou duas reduções de marcha. Com os 13,5 kgfm de torque chegando a 3.200 rpm, o propulsor demora para “acordar”, mesmo com as mudanças feitas pela engenharia, que encurtou a primeira marcha (melhorando arrancadas) e alongando a quinta marcha (otimizando o consumo rodoviário), em relação ao Agile.


A posição de dirigir do carro melhorou em comparação ao hatch, graças ao banco mais elevado, permitindo um maior afastamento do motorista em relação ao painel. Volante e alavanca de câmbio, contudo, continuam deslocados de seu centro. Não é algo que incomode em um curto passeio, mas motoristas que usarão o carro para o trabalho podem se queixar da ergonomia ruim herdada da plataforma do primeiro Corsa nacional.


A suspensão se posiciona entre o firme conjunto da VW Saveiro e a macia Fiat Strada. Em curvas de média velocidade a traseira mostrou disposição à flutuação, dando a impressão de que o eixo traseiro estava disposto a ultrapassar o dianteiro. Para um carro de trabalho, o sistema é suficiente para preservar a coluna dos ocupantes e a integridade da carga, mas pode incomodar quem comprar a nova Montana com o objetivo de manter a caçamba vazia.


Ousada discreta
Com visual renovado e diferente, a Nova Montana visa manter o sucesso discreto de sua antecessora: uma picape de volume, com força para firmar o pé na terceira posição entre as mais vendidas do seu segmento e fôlego para mirar na segunda posição, ocupada pela Saveiro.


A meta da Chevrolet é vender 3.500 unidades por mês do modelo, média acima da Montana atual. Durante a apresentação, executivos evitaram falar na liderança. Optaram pelo discurso moderado, indicando que objetivam aumentar as vendas da nova Montana gradualmente. Com apenas um motor e duas versões de acabamento, a nova picape tem força para se manter na mesma posição de sua antiga homônima. Mas, para galgar novos horizontes, será necessário mais do que apenas uma carinha bonita.


Motor Quatro cilindros em linha, transversal, 8 válvulas, 1389 cm³
Potência 102 cv (etanol) / 97 cv (gasolina) a 6.000 rpm
Torque 132 Nm / 13,5 kgfm (etanol) - 130 Nm / 13,2 kgfm (gasolina) a 3.200 rpm
Câmbio Manual, com cinco marchas
Tração Dianteira
Direção Por pinhão e cremalheira, com assistência hidráulica
Rodas Dianteiras e traseiras em aro 15” de liga-leve
Pneus Dianteiros e traseiros 185/60 R15
Comprimento 4,51 m
Altura 1,58 m
Largura 1,70 m
Entre-eixos 2,67 m
Caçamba 785 l
Peso (em ordem de marcha) 1.152 kg
Tanque 54 l
Suspensão Dianteira independente, tipo McPherson; traseira eixo de torção
Freios Disco ventilado na dianteira e tambor na traseira
Preço R$ 31.990 na versão LS a R$ 44.040 na Sport

Luiza Brunet será a apresentadora do Menina Fantástica

Sai Caio Castro, entra Luiza Brunet. A eterna modelo é a nova apresentadora do concurso “Menina fantástica”. Durante cinco semanas, ela vai acompanhar as 12 finalistas na casa, localizada em São Paulo. Luiza entra em cena na segunda semana de outubro, no “Fantástico”.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Mega Sena:Resultado do Concurso 1217 *29 de Setembro

As dezenas sorteadas foram:

10-23-29-31-33-46

Acumulou!

Fonte:Caixa

A briga de Sergio Mallandro e Monique Evans

O clima em "A Fazenda 3" já começou a esquentar e foi justamente entre Monique Evans e Sérgio Mallandro, amigos de longa data. O humorista ficou indignado porque a ex-modelo o eliminou na primeira prova do reality show que valia um carro de R$ 100 mil. "Ela não tinha motivo de colocar um amigo de 30 anos nessa situação", desabafou Sergio, entre Tico Santa Cruz, Viola, Daniel, Eduardo e Ana Carolina. O único que deu bola para a reclamação foi Tico, que tentou amenizar o mau humor do comediante.


Serginho Tadeu, filho do humorista, não acredita no desentendimento entre os dois. O publicitário, de 24 anos, acredita que a ex-modelo escolheu o pai por ter mais intimidade com ele.


- Eles são amigos há mais de 30 anos, sempre estavam na praia juntos com a Xuxa e a Luiza Brunet. Nos últimos anos se encontraram algumas vezes em restaurantes e camarotes de carnaval e é sempre uma festa. Meu pai já dormiu na cama com a Monique e nada aconteceu! Nunca tiveram nada. Ele é muito amigo do Pantera, irmão dela. Ele conta que foi um sofrimento, ela estava de pijama, deitada de bruços, e ele ali, dividindo a mesma coberta e não podia fazer nada em respeito ao amigo - diverte-se.


Serginho também conta que o pai, antes do confinamento, disse que iria agir naturalmente:


- Ele disse que agiria normalmente, que contaria suas histórias, que faria amizades, mas que não mudaria o seu jeito de ser.

Melina:Suspeita de assassinato em Passione

Silvio de Abreu parece querer que o público aponte Melina (Mayana Moura) como a assassina de Diana (Carolina Dieckmann) em "Passione". Antes que a jornalista leve um tiro no peito, as duas vão brigar muito. Repondendo ao leitor Silvio Dias, ele falou sobre o caráter da estilista, adorada pelos espectadores da trama das oito. Com a palavra, mais uma vez, o autor Silvio de Abreu:


"Melina é uma menina muito mimada e que não aceita ser contrariada. O fato de ter sido rejeitada pela paixão de sua vida fez com que ela perdesse a noção nas formas de chamar a atenção. E considerando que uma mulher apaixonada é capaz de qualquer coisa para ter o homem amado, acho que podemos esperar qualquer atitude da estilista. Logo,respondendo diretamente à sua pergunta: Melina é uma mulher capaz de tudo pela sua paixão".

Jorgito dá um soco em Edgar depois de descobrir seu caso com Luisa

Jorgito (Rafael Cardoso) é quem vai vingar a irmã, Camila (Mariana Helena Chira), em “Ti ti ti”. O rapaz dá um soco em Edgar (Caio Castro) depois de descobrir o longo caso do fotógrafo com Luisa (Guilhermina Guinle). Bruna (Giulia Gam) fica chocada ao descobrir que o filho tinha um caso há anos com a dona da agência. Edgar acaba confirmando tudo.

Comédia MTV cutuca Sônia Abrão, Daniela Albuquerque, Luciana Gimenez e Iris Stefanelli com vara curta


MTV faz piada com estrelas da Rede TV!
PROGRAMA SATIRIZA LUCIANA GIMENEZ, ÍRIS STEFANELLI, SONIA ABRÃO E DANIELA ALBUQUERQUE

A MTV gravou na segunda-feira um novo quadro para o "Comédia MTV". A atração é uma paródia do programa "Saia Justa", do GNT, chamado "Vaia Justa". Em vez de Mônica Waldvogel e sua trupe, quem comanda a atração é Luciana Gimenez, Íris Stefanelli, Sonia Abrão e Daniela Albuquerque. A humorista Dani Calabresa interpreta as apresentadoras. O texto é de Pedro HMC.

Veja aqui no Hipersessão:

A estreia de Tudo Junto e Misturado

Comédia
"Tudo Junto e Misturado", humorístico que estreia nesta sexta-feira, tem o desafio de melhorar o desempenho da Globo após o "Globo Repórter". "Separação", que antes ocupava esse horário, chegou a registrar 19 pontos na estreia, terminou na semana passada, 24 episódios depois, com apenas 14.

Operação de Risco da Redetv! bate recorde de audiência

Tiro certo
Com imagens exclusivas da operação em Heliópolis na qual um policial se infiltrou como se fosse candidato a deputado para prender traficantes, o "Operação de Risco", da Rede TV!, marcou anteontem 7 pontos, sua melhor média. Enquanto concorreu com o "CQC", da Band, teve mais que o dobro (7 a 3). São dados prévios do Ibope da Grande SP, onde cada ponto equivale a 60 mil domicílios.

Erros e acertos da novela 'Araguaia'

Precoce
Regina Duarte teve filho com 12 anos e Edson Celulari, com 11. Em "Araguaia", novela das 18h da Globo que estreou anteontem, Celulari, 52, é filho de Duarte, 63, e pai de Murilo Rosa, 40.


Velho é a mãe
Novela é novela, mas o envelhecimento da atriz não convenceu, mantendo sua pele jovem como nos tempos do baselight (programa de computador que a rejuvenescia em "Páginas da Vida"). E Celulari, cabelos grisalhos à parte, continua com o charme intacto do "tio Glauco", de "América", e não pode ser pai de um quarentão.


Pantanal
Com cenas de tuiuiú, "Araguaia" teve 26 de média, vista por 48% das TVs ligadas. Foi um bom capítulo, claro, sem ser didático.

Charles Henriquepédia ficou noivo depois de 8 anos de namoro

Charles Henriquepédia, o divertido repórter do "Pânico na TV" conta que acaba de ficar noivo depois de oito anos de namoro. Charles revelou também sua idade e que sua amada não sente ciúmes de Sabrina Sato: "Tenho 30 anos, mas com corpinho de 17".

Leonardo vai ser avô

O primeiro neto de Leonardo já está a caminho. O cantor revela nesta quarta-feira no "TV Fama" que será vovô. A namorada de seu filho, Pedro Leonardo, participante da primeira edição de "A fazenda", está grávida. "Não esperava ser avô tão cedo", diz o sertanejo.

Geisy Arruda ganha carro em 'A Fazenda' e Sérgio Mallandro irrita colegas

Sem maiores surpresas, "A fazenda 3" estreou nesta terça-feira mostrando que a mistura de Mallandro com Melancia pode dar pé. O elenco, que já havia sido antecipado pela imprensa, é o melhor de todas as edições. A boa sacada da estreia foi a aparição dos participantes. Nada de chegadas longas de carroça, ao vivo. Sérgio Mallandro e cia chegaram na manhã de segunda-feira à casa, depois de serem apresentados saindo, cada um deles, de um carro. Sendo assim, o programa começou mostrando os peões já convivendo, seguindo o estilo do "BBB".


O homem do glu-glu tentou roubar a cena, mas já quase se estranhou com Monique Evans. Os participantes se perguntaram até quando vão aguentar a "energia" do Mallandro. O destaque da estreia foi a tal moça que, expulsa da Uniban, chegou muito além do se imaginava. Primeiro, Geisy Arruda ficou sem cama e fez questão de falar sozinha (ou para as câmeras) de seu sofrimento. Depois, ao vivo, ganhou a antipatia da plateia, que torcia contra sua permanência na prova. Resultado: acabou vencendo e ganhando um carro, o primeiro prêmio do jogo.


"A fazenda 3" ficou em primeiro lugar na audiência, deixando o debate entre os governadores na Globo em segundo. Tico Santa Cruz, Monique Evans e Sergio Mallandro chegaram a ficar entre trending topics do Twitter. Ou seja, esta edição promete.

Mayana Neiva:Miss Paraíba 2003

Quem vê Mayana Neiva como a modelo Desirée de “Ti ti ti” pode não imaginar sua versatilidade. Em 2003, ela representou a Paraíba, seu estado, no concurso Miss Brasil (foto acima).

Fernando (Edson Celulari) morre em 'Araguaia'

Ainda não se sabe se será coincidência ou não, mas Fernando (Edson Celulari) morre em “Araguaia” depois de ganhar de presente (e beber) uma garrafa dada por Max (Lima Duarte). No dia seguinte ao encontro com o fazendeiro, o personagem amanhece morto.

Vesgo e Sílvio do Pânico brigaram

O desaparecimento da dupla formada por Vesgo e Silvio no “Pânico na TV” não é só uma estratégia do programa. Responsáveis pelo sucesso inicial da atração, que surgiu há sete anos, os dois agora só trabalham separados. O fato é que Rodrigo Scarpa e Wellington Muniz, intérpretes dos personagens, já não se entendiam mais como antes. Com isso, as matérias da dupla começaram a desagradar à direção, que decidiu pela separação. O que pesou também foi a forte rejeição de muitos artistas à presença de Vesgo e Silvio na porta dos eventos.

Glee estreia em Janeiro na Globo


Até segunda ordem, “Glee” estreia durante as férias, em janeiro, na Globo. Febre no mundo todo, o seriado mostra os bastidores de um coral frequentado pelos alunos menos populares da escola. A emissora comprou os direitos de “Glee” no ano passado, mas até agora não tinha programado a estreia. Oremos.

'Adriano Imperador' direto de Roma fala sobre Joana Machado e possível volta ao Flamengo

Mesmo morando e jogando em Roma, muito ainda fala-se sobre Adriano Imperador aqui no Brasil. Mas pouquíssimos falam com o próprio jogador na Itália. Para acabar com o disse-me-disse a coluna Retratos da Vida conversou com o jogador na noite de terça-feira, por telefone, logo após a vitória do time dele, o Roma, na Liga dos Campeões da Europa sobre o CFR Cluj, da Romênia, por 2 a 1. Com o mesmo tom de voz manso, Adriano Imperador falou sobre tudo. Desde Joana Machado aos boatos de que estaria voltando para o Flamengo. Adriano esclarece tudo.


Você viu que a Joana posou para um site?
Vi, cara. Ela disse um monte de mentiras, que ainda fala comigo . Nego tem que me esquecer aí, parar de falar de mim. Fico chateado com essas coisas.


Mas você não tem nenhum contato com a Joana Machado mesmo?
Claro que não. A Daniele (Carvalho, ex-mulher de Adriano, sua atual namorada) está vindo para cá. Ela só não veio até agora porque não conseguimos resolver o problema da documentação dos meus filhos.


Inventando isso, a Joana Machado consegue permanecer na mídia...
É verdade. Não fico chateado com ela. Fico chateado com as coisas que ela diz.


E é verdade que você está insatisfeito aí jogando no Roma e pretende voltar para o Flamengo?
Pelo amor de Deus, quem está dizendo isso aí? Nem fale comigo essas coisas... Imagine se eu faria isso tendo contrato de três anos. Isso até me prejudica aqui.


É verdade que você não quis entrar na penúltima partida da Roma porque faltava pouco para o jogo acabar?
É. Faltavam só quatro minutos para terminar a partida. Não tinha cabimento eu entrar. O que eu iria fazer em quatro minutos?


Você está feliz aí, Adriano?
Tô, cara, tô sim... Joguei hoje (terça-feira) o segundo tempo inteiro. Acho que ainda falta um pouco de ritmo para mim, até porque eu vim de uma contusão. Quando eu entrei o time estava empatando e conseguimos ficar a frente no placar.


Você já emagreceu?
Eu cheguei aqui pesando 104kg e agora estou pesando 99,900kg. Eu preciso perder mais dois quilos para chegar ao meu peso ideal.

A audiência do Segundo Capítulo de 'Araguaia'

O segundo capítulo de "Araguaia", na Globo, marcou 21 pontos de média, 5 a menos do que o registrado na sua estreia, segunda-feira, 27.

A festa de Cosme e Damião de Zeca Pagodinho


Devoto de São Cosme e São Damião, comemorados no dia 27 de setembro, Zeca Pagodinho costuma reunir amigos para celebrar. E não foi diferente ontem, em sua casa na Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio. O sambista recebeu famosos como Eri Johnson e Claudia Jimenez e era só mimos com o neto, Noah. Com um barrigão de nove meses, Giovanna Antonelli roubou a cena no evento.

Zeca com Eri Johnson e Flávio Migliaccio

Fernanda Rodrigues e a pequena Luisa

Zeca e a atriz Claudia Jimenez

Com um barrigão de nove meses, Giovanna Antonelli roubou a cena na festa

Zeca aderiu à pulseira do equilíbrio, que chegou ao Brasil fazendo sucesso entre as celebridades

Fernanda Rodrigues e a pequena Luisa posa com com Fernanda Paes Leme, Regina Casé e Darlan Cunha

Claudia Jimenez ganha bitoca de Eri Johnson

Thaila Ayala, Paulo Vilhena e Fernanda Paes Leme

Samara Felippo com a filha Alícia e Fernanda Rodrigues e a pequena Luisa na hora do bolo

Fábio Assunção vai ser papai de novo

Depois de cinco anos de relacionamento, Fábio Assunção e Karina Tavares terão um filho. A jovem está grávida de seu primeiro bebê, o segundo do ator, que já é pai de João, de 7 anos, filho dele com a empresária Priscila Borgonovi. Por meio de sua assessoria de imprensa, Fábio confirmou a gravidez da mulher.

Cesar Cielo fala sobre sexo

Cesar Cielo foi o entrevistado desta terça, dia 28, do "Tá na área", do Sportv. O repórter Smigol conversou com ele sobre temas como futebol, fama e sexo. Ele deu sua opinião sobre a questão se o atleta deve ou não ter relações sexuais antes das competições.


- Na natação não dá, porque realmente faz falta na hora da prova - revelou. - Mas depois é até bom para relaxar - garantiu.

Família do reality 'Sister Wives' é investigada pela polícia dos Estados Unidos

As estrelas no novo reality "Sister wives", que estreou no domingo, 26, nos Estados Unidos, estão sendo investigadas pela polícia do estado de Utah. As autoridades de Lehi estão atrás de Kody Brown e de suas quatro mulheres desde antes de o programa ir ao ar, na rede americana TCL. E podem vir a processá-los por poligamia.


A polícia informou que, ao término da investigação, os documentos serão encaminhados à procuradoria de Utah, que vai decidir se abrirá processo contra a família.


Raramente casos de poligamia são investigados, mas a publicidade em torno do reality pode ter motivado a polícia de Utah.


Brown e suas mulheres - Meri, Janelle, Christine e Robyn - têm 13 filhos e três enteados. Eles defendem que levam a vida da maneira que querem, mesmo que desafiem as tradições.


- Se eles (filhos s enteados) se tornarem adultos produtivos, que contribuem para a sociedade de maneira ética, atingimos nosso objetivo. Não importa qual tenha sido o caminho traçado - declara Janelle, uma das quatro mulheres com que Kody tem seis filhos.

Estreia de 'A Fazenda 3' lidera audiência

'A fazenda' marca 20 pontos e fica à frente do debate em SP

O debate entre os candidatos ao governo de São Paulo teve 18 pontos de média, com 33% de share. Foi ao ar das 22h43m às 0h42m. Já a estreia de "A fazenda" teve 20 pontos de média, com 36% de participação. O reality show da Record foi transmitido das 23h às 0h28m. Nos 14 minutos finais do debate, a Globo ficou na frente da Record, que exibiu "CSI Miami" (8 pontos de média).


Já no Rio, o reality da Record empatou com o debate: ambos marcaram 21 pontos de média. O debate na Globo foi ao ar das 22h44m às 23h59 e teve share de 33%. "A fazenda" começou um pouco mais tarde, às 23h, e teve share de 35%.

Principais Audiências da TV:Terça, 28 de Setembro

GLOBO:
7 pecados - 10
Malhação - 18
Araguaia - 21
Ti-ti-ti - 29
Passione - 37
Debate entre os candidatos a governador do Rio - 21
Debate entre os candidatos a governador de São Paulo - 18
Boletim Hipertensão - 9
 
RECORD:Fala Brasil - 7
Hoje em dia - 6
Os mutantes - 6
CSI Investigação criminal - 11
Ribeirão do Tempo - 11
A fazenda - 20
CSI Miami - 8
 
SBT:Pérola Negra - 7
Esmeralda - 7
As tontas não vão ao céu - 4
Canavial de paixões - 3
Ana Raio e Zé Trovão - 7
Programa do Ratinho - 6
Esquadrão da moda - 5
 
BAND:Brasil urgente - 6
A liga - 4

Passione terá 5 cenas de assassinatos gravadas:Somente 1 irá para o ar

"Passione" ainda não está perto de terminar, mas já começou o clima de último capítulo. Agora que um personagem central vai morrer assassinado, Silvio de Abreu enviou cenas avulsas ao Projac, com versões diferentes do que vai acontecer.


- Posso garantir que gravaremos cinco vítimas diferentes para o assassinato de "Passione". Uma delas será a verdadeira e o capítulo irá ao ar no dia 11 de outubro - revela o autor da novela.


tchã tchã tchã tchã....


Quais são as suas apostas?

Marcelo Serrado e Viviane Sarahyba

Marcelo Serrado se indignou com os boatos de que estaria “conhecendo melhor” a ex-mulher de Dado Dolabella, Viviane Sarahyba. “Não estamos juntos. Isso é um absurdo. Inclusive, eu fui padrinho de casamento dela. Só porque saimos juntos uma vez, as pessoas já maldam", disse o ator, na noite desta terça-feira, no Festival do Rio.

Scheila Carvalho e Toni Sales mostram a filha Giullia

Em êxtase absoluto, a ex-dançarina Scheila Carvalho curte com o maridão, o cantor Toni Sales, cada momento ao lado de seu maior tesouro: a filhinha Giullia, de 3 meses. Totalmente encantados com a herdeira, os dois receberam a revista "Caras" com exclusividade para apresentar a pequena. "Eu identifico cada choro, ca­da sorriso, cada movimento de minha filhinha", disse a apresentadora do programa "Bom D+", da TV Itapoan, filiada da Record na capital baiana. O casal fez questão de destacar sua extrema alegria com a chegada da menina. “O nascimento dela é muito mais do que uma lembrança. É a sensação de um momento que transformou a minha vida, as nossas vidas. Olhei muito para ela, com ternura, com emoções que não sei classificar totalmente, mas sei que fiquei me ques­­­­tionando como era possível gerar um ser tão encantador”, conta Scheila.


O nascimento de Giullia não trouxe para Scheila e Toni apenas a felicidade natural àqueles que acabaram de se tornar pais. Serviu também para compensar, de certa maneira, a dor deixada pela perda do filho, Brian, em 2008, que sobreviveu apenas dois meses após nascer prematuramente. “É incrível como tudo mudou em nossas vidas com a chegada de Giullia. Às vezes acho que acordo ao menor sussurro, mas não é assim, o Toni consegue levantar antes. Certa vez, despertei às três horas da madrugada e me comovi ao vê-lo já sentado ao lado do berço, cuidando da nossa filhinha. Isso tudo é maravilhoso para nós dois”, conta a mamãe, que voltou a gravar o seu programa na semana passada.