segunda-feira, 12 de julho de 2010

Felipão como técnico da Seleção Brasileira na Copa de 2014


Enquanto não sai o nome do próximo técnico da seleção brasileira, as especulações seguem a todo vapor. E um dos nomes mais cotados para assumir o time após a demissão da Dunga e sua comissão técnica é o de Luiz Felipe Scolari. No entanto, o treinador está fechado com o Palmeiras, clube com o qual tem contrato até o fim de 2012. Feliz com o reconhecimento do povo brasileiro, Felipão não descarta a possibilidade de assumir o comando do Brasil, mas ele deixa claro que essa não seria uma medida tomada a curto prazo.

- É um motivo de orgulho, depois de tanto tempo afastado do Brasil, (saber) que o povo ainda gosta de mim, pensa em mim como técnico da seleção brasileira. É natural que nunca posso dizer que não vou trabalhar na seleção brasileira. Mas, neste momento, tenho um acordo verbal com o Palmeiras. Além disso, estou dizendo que poderei estar trabalhando na seleção em 2014 no meu país, ou por uma outra seleção, ou estar recepcionando meus colegas e amigos que fiz aqui na Copa e nos oito anos que estive fora do país – afirmou, através de sua assessoria de imprensa.

O nome de Felipão voltou a ser assunto neste domingo, data da final da Copa do Mundo, por conta de um sorriso aberto durante a transmissão da emissora sul-africana SABC, após ser perguntado pelo apresentador sobre a possibilidade de se tornar técnico da seleção. Segundo Scolari, ele sorriu porque não esperava a pergunta.

Parabéns à Espanha

Sobre a partida do Soccer City, Felipão parabenizou a atuação da Espanha, agora campeã mundial. Para ele, a seleção de Vicente Del Bosque mereceu a conquista, inédita para o país.

- Foi uma vitória justa. A Espanha jogou o mesmo futebol que jogou nos outros jogos. Não se preocupou com a qualidade do adversário. Manteve a tradição da posse de bola, do toque de bola. Teve as melhores oportunidades, principalmente na prorrogação. No cômputo geral, foi a justa vencedora. Estão de parabéns Del Bosque e todos que fizeram este trabalho maravilhoso - analisou Scolari, que elogiou também a escolha de Diego Forlán como o melhor jogador da Copa.

Felipão se apresenta ao Palmeiras no próximo dia 15 para dirigir o time no Brasileirão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário